A cultura – fatos e números

Na Suíça, congregam-se as três grandes regiões linguísticas europeias do alemão, do francês e do italiano, de onde procede uma vida cultural próspera. A localização geográfica especial da Suíça contribui para que as personalidades do mundo da cultura dirijam seu olhar para o exterior e que, frequentemente, também possam ser detectadas influências estrangeiras em suas obras.

Uma mulher explica um quadro a um grupo de crianças
Intervenção de arte no Centro Paul Klee em Berna. © FDFA, Presence Switzerland

  • Na Suíça, existem 1.142 museus com cerca de 20 milhões de visitantes por ano.
  • A maior biblioteca da Suíça é a biblioteca universitária de Basileia, com um total de 8,4 milhões de documentos.
  • A cidade com maior concentração de cinemas é Berna, com 55 salas. Existem 272 cinemas em toda a Suíça.
  • O poder público despende 337 francos por habitante, por ano, para a cultura.
  • Zurique, Genebra e Basileia são os centros culturais mais importantes da Suíça. Estes cantões e suas comunas representam cerca de 40 porcento de todos os gastos do poder público com cultura.
  • Os fundos lotéricos cantonais apoiam as criações culturais da Suíça anualmente com 159 milhões de francos.