O estado federal no Século XIX

Busto de Henry Dunant
Busto de Henry Dunant (1828–1910). © Lucignolobrescia

Em termos de politica interna e externa a situação se acalmou com a fundação do estado federal. Por meio da revisão da constituição em 1874, a Confederação obteve competências adicionais. A democracia direta também foi expandida: em 1874 com o referendo legal facultativo, em 1891 com a iniciativa popular para a revisão parcial da constituição federal. Da mesma forma, em 1891, pela primeira vez, um representante dos perdedores católico-conservadores da Guerra de Sonderbund tomou posse no governo do país.

O estado federal, com suas novas competências, elaborou pré-condições favoráveis para o desenvolvimento de diferentes ramos da indústria e de serviços (construção ferroviária, construção de máquinas e metálica, química, indústria de alimentos e o setor bancário), que se tornaram pedras angulares da economia suíça.

Apesar do crescimento econômico, o Século XIX foi uma época difícil para muitas pessoas. Pobreza, fome e perspectivas de trabalho ruins fizeram com que muitos suíços emigrassem, sobretudo para a América do Norte e do Sul. Nos centros industriais, surgiu a classe de trabalhadores industriais pela imigração de regiões rurais e, de forma crescente, também do exterior que, muitas vezes, vivia em condições precárias.

O estado federal no Século XIX (PDF, Páginas 5, 137.9 kB, English)